quarta-feira, 4 de maio de 2011

8 Anos de Canadá

Posted by MARDEN BASTOS -Real Estate Sales Representative at EXIT Realty Lake Superior at 22:03
Reactions: 
Domingo nossa família completou 8 anos de imigração. Quanta coisa aconteceu nestes anos!
Sem querer a gente acaba fazendo uma viagem mental. Há 8,5 anos atrás meus planos ( melhor dizendo nossos)  era mudar para Porto Seguro, montar minha farmácia de manipulação lá, começar a construção de uma pousada no lote que havíamos comprado. Meu marido planejava mexer com consultoria na área dele e montaríamos uma empresa para passeios com turistas pois ele fala inglês e alemão. Meus filhos seriam os guias para passeios em espanhol. Eu iria aprender inglês.  Minha mãe que na época era minha sócia iria conosco e tomaria conta da pousada.
Já imaginávamos nossas vidas com meia dúzia de shorts e bermudas, muitas camisetas, uma rede balançando na varanda no final do dia de trabalho, comendo uma peixada com farofa de farinha branca ou amarela, mas aquela que praticamente só se acha no nordeste e norte. Não buscávamos sombra e água fresca, mas com certeza queríamos um ritmo menos frenético em nossas vidas!
Nunca havia me passado pela cabeça mudar para o exterior. Bom, seis meses depois tudo mudou!
Desembarquei nesta terra no dia 1 de Maio com 8 malas e algumas bagagens de mão sabendo apenas que eu iria morar numa casa alugada. Panela, móveis, roupas de cama, mesa e banho, tudo alugado.
O lugar era legal. Uma townhouse na Frenchman's  Bay em Pickering de fundo para a baía. Falando talvez meia dúzia de palavras em inglês, atropelando tempo verbal, mais por fora que casca de ovo, eu vivi a minha Saga do Inglês.
Meu Deus, quanta batatada eu falei. Nunca vou me esquecer do dia em que ao invés de dizer que eu comi alface eu disse : "I am lectuce".
Depois de algums meses tentando conversar com uma americana que era minha vizinha,ela me disse que a filha adorava bichos de pelúcia.  Eu tentei contar que a minha tinha  um enorme bicho de pelúcia.  Eu não me lembrava como se falava urso em inglês. Ai falei de um animal que tinha muito no Canadá, vivia mais nas áreas de floresta e que comia peixe. Isto tudo quase que em mímica. Nisto a minha filha filha chega correndo e me diz "turtle" ( eu havia me esquecido que ela tinha uma enorme de uma almofada em formato de tartaruga. Sem pensar eu repeti "turtle". Ela franziu a testa se despediu de mim e entrou.
Eu entrei também e fui arrumar a casa e de repente me veio o desenho dos Turtle Ninjas na cabeça. A ficha caiu. Ainda bem que tive como explicar a ela depois, aliás eu não , meu marido, porque do contrário ela iria achar que tartaruga no Brasil era meio surrealista.
Ainda bem que o ditado que diz que o tempo é o melhor remédio é bem verdadeiro. Estudei inglês feito gente grande, pus de lado toda a vergonha  em falar errado e hoje eu me sinto vivendo num mundo de adultos com toda a realidade e dificuldade, mas entendo quase tudo, sem precisar de tradutor e sem andar com dicionário a tiracolo.
Como eu disse no post acima, quando eu cheguei aqui, meu mundo encolheu, meus horizontes se tornaram menores e eu que era acostumada a ler livros  dos mais diversos assuntos e autores, nacionais e internacionais, passei a me contentar com historinhas infantis, panfletos e brochuras. Consegui sair do jardim da infância e chegar ao "college".
Hoje , depois de 8 anos morando no Canadá, depois de ter mudado de carreira, feito um curso técnico na área de corretagem e abandonado minha profissão de farmacêutica,  e estar agora fazendo um novo curso na área de decoração de interior para associar a minha profissão, eu sei que ainda há uma longa jornada pela frente e chegar lá, aonde eu quero depende só de mim. Mas sobretudo depende de minha confiança, minha alegria, meu esforço, meu conhecimento, minha garra e minha aceitação de mim mesma fora da  minha área. Sou um peixe fora dágua mas nem por isto preciso morrer sem ar. Eu posso me realizar fazendo outras coisas. Eu preciso apenas ser flexível e dar valor ao que tenho hoje, as conquistas alcançadas e continuar planejando e agindo, porque a cada dia a gente sempre conquista alguma coisa, ainda que o avanço seja pequeno é uma conquista.
Eu deixo a seguinte mensagem aos futuros imigrantes e aos outros peixes fora dágua como eu:
* Se prepare para o sucesso, para vir e começar mais ou menos de onde você deixou no Brasil, caso a sua profissão não seja regulamentada aqui ,e o mercado esteja absorvendo profissionais da sua área,
* Se prepare para superar as dificuldades caso a sua profissão seja regulamentada e você precise de tempo e dinheiro para passar pelo processo de reconhecimento do seu diploma aqui. Pode levar meses ou anos e não vai sair de graça, mas se valer a pena, se for o que você gosta, você vai chegar lá.
* Se você se considera fluente em inglês ou  francês no Brasil, saiba que num ambiente controlado, com assuntos determinados você pode até estar com a bola toda. Mas o verdadeiro teste do saber começa aqui , quando você sai da redoma de vidro e cai no mundo real cheio de assuntos outros ,girias, expressões, diferentes sotaques, sons e velocidade que os nossos ouvidos não estão preparados para eles, vocabulário que desconhecemos.
* Seja humilde ao chegar aqui. Diga no ambiente de trabalho e amizade que você está ávido a aprender e a melhorar seu idioma e que você agradece qualquer ajuda neste sentido. Permita às pessoas lhe corrigirem a pronúncia e ao invés de você virar alvo de chacota, você será respeitado e ajudado.
* Venha com seus dois pés e os coloque aqui. Venha por inteiro. Não pense nas coisas que você perdeu ou deixou para trás. Não compare o que você tem aqui e o que tinha lá. Aqui você está começando do zero. A realidade é completamente diferente. Se dê um tempo curto, médio e longo para que a sua vida vá entrando gradativamente nos eixos.
* Não venha com planos de "experimentar" para ver como é. Ou então para ficar 2 , 3 ou 4 anos e voltar. Quem vem com planos de volta é estudante. Se você quer ter uma qualidade de vida melhor, venha para  somar e não para empatar.
* Tenha planos alternativos para sobreviver aqui. Pense na possibilidade de pegar um emprego qualquer para sobrevivência se for preciso, até que suas credenciais sejam reconhecidas ou até que um emprego na sua área apareça.Traga uma dose extra de humildade, paciência e positivismo. Considere mudar de cidade se for preciso.
* Não torre suas economias desde o início. Economize e planeje cada passo, o gasto de cada dólar. Só dê passos maiores quando tiver garantias. Um emprego com um salário anual que pague  todas as suas contas e lhe permita melhorar de vida gradativamente até atingir o que você espera. As vezes isto não vai acontecer no primeiro emprego, nem no primeiro ano. Planos a curto, médio e logo prazo são essenciais.
* Dê o melhor de si e mantenha a cabeça fresca. Não permita que o orgulho lhe invada o coração se você está numa posição tecnicamente inferior a que você ocupava. Não se incomode com os comentários elitistas de amigos e familiares que estão no Brasil.  Não precisa inventar, florear, mentir que você está numa ótima, para aparecer. Simplesmente não dê detalhes da sua vida, assim você fica mais relaxado para galgar cada degrau da sua escada canadense.
* Se você vem em família, que marido e mulher estejam na mesma página, com espírito de luta, pois aqui vocês vão ser um apoio do outro. Se ambos tem o mesmo ideal, será mais fácil superar as dificuldades, do contrário poderá ser o primeiro floco de neve a rolar ladeira abaixo.
* Você vai chegar lá. Se não chegar lá  também vai valer a experiência, seja ela positiva ou negativa. No mínimo você terá melhorado seu idioma. E nunca se sabe se algo será bom ou não antes de tentar. Acho que vale mais a pena quebrar a cara do que viver a eterna dúvida do que poderia ter sido.

15 comments:

Paola Tavares Silva Wortman on 5 de maio de 2011 07:21 disse...

AMEI O POST!!!
tudo de bom, Marden.

vou colocar um link do seu post no meu blog, ta?!

Paola Tavares Silva Wortman on 5 de maio de 2011 07:24 disse...

Marden,
estamos ja com os vistos em maos e uma duvida: Calgary ou Montreal. O que vc acha?

Obrigada pela ajuda!

Patitando on 5 de maio de 2011 08:41 disse...

Oi Marden, fiquei emocionada com seu texto... Parabéns por esses oito anos de Canadá e por toda a história que trilharam até aqui!
Ah, também gostei muito das dicas para os futuros imigrantes... Seguimos assim, um passo após o outro e um dia de cada vez, certo?
bj grande para você!

Ventura on 5 de maio de 2011 10:40 disse...

Olá Marden,

Parabéns pelos 8 anos e obrigado por compartilhar conosco suas experiências e reflexões!
Abs.

Ventura

Simone on 5 de maio de 2011 13:12 disse...

Muito bom o post, parabens pelas vitorias

Adriana, Alex e Aninha disse...

Lindo Post! Nesse momento da minha vida estou me sentindo exatamente essa pessoa que vc descreveu, que tem seu mundo e suas perspectivas encolhidas, se antes, eu queria um bom emprego, agora, s'o um emprego basta, se antes, meu objetivo era ter um portugues culto e perfeito, agora, um ingles compreensivel j'a faz a diferenca, esperan'ca 'e meu nome, sobrenome Humildade, a gente aprende a falar de novo, e dancar conforme a musica. No saldo final, 'e muito positivo, pois a mente que espande, nunca mais volta ao seu tamanho original! Adoro seu blog e seus posts sempre me emocionam. Um abra'co, Adriana.

MARDEN BASTOS (Real Estate Sales Representative) on 5 de maio de 2011 21:12 disse...

Paola,

Fique a vontade para compartilhar o blog e seus post. Conheço Montreal, mas não conheço Calgary. Minha sugestão é verificar custo de vida, moradia, índice de crescimento e emprego nas duas cidades. Se vocês estiverem vindo com emprego arrumado ponham retenção de imposto s e custos de vida na ponta da caneta. Se não verifiquem a oferta de emprego na área de vocês nas duas cidades. Uma coisa é certa. Montreal por ser maior chama mais atençao de imigrante, portanto tem mais concorrência. Mas seja Calgary ou Montreal, estejam sempre unidos e com certeza daqui a algum tempo vocês estarão bem.
Boa Sorte e Felicidade!

Pati,

Você também me emocionou com a história da pequena Isabella. Mas afinal o que é o mundo se não há deafio. O sabor da conquista e da vitória so existe quando há desafios, do contrário vira rotina.

Ventura

Seria mais fácil só contar as partes boas da experiência, mas isto não ajudaria a quem está do outro lado do sonho. Reflexões e preparo são necessárias para amadurecer a idéia e formar uma boa estrutura da imigração.

Simone

Obrigado!

Adriana, Alex e Aninha

Obrigado por estarem sempre prestigiando o meu blog.Foi ótimo sair do mundo virtual e conhecê-los pessoalmente. A nossa percepção do mundo aqui vai ampliando gradativamente a medida que vamos aumentando nosso conhecimento, ganhando confiança.Haverá um dia que você vai ver o quanto sua mente expandiu,quando passos você deu sem perceber. Seu inglês se tornará cada vez melhor a medida que você deixar o idioma fluir, sem medo de errar, sem exigir perfeição imediata, mas até fazendo piadas dos próprios erros e pataquadas.
Abraços!

Drinho e Nessa on 5 de maio de 2011 23:16 disse...

Marden
Ler o seu relato nos trouxe uma motivação interessante... saber que estamos no caminho certo. Sem desafios, sem sonhos, realmente não chegamos a lugar algum. Parabéns... e q venham mais 8, e mais 8... muito mais anos!!!
Drinho e Nessa.

José Sérgio on 6 de maio de 2011 09:55 disse...

Olá, nossa... Adorei o seu post! 8 anos de Canadá é um bom tempo já! Gostei mais ainda pelo fato de você mencionar que você é (ou era né?) farmacêutica e meio tenso ao descobrir que você largou a profissão...
Parabéns pelo blog...

SonhoComCanada on 6 de maio de 2011 12:19 disse...

Olá Marden;
Parabéns pelo 8 anos de Canada e pelas conquistas !
que muitas outras venham em sua vida !!
na época que você se mudou eu estava em Montreal estudando inglês...o tempo voaa.

abraços;
Catherine
http://meetyoutherecanada.blogspot.com/

MARDEN BASTOS (Real Estate Sales Representative) on 6 de maio de 2011 20:02 disse...

Sandro, Nessa, José Sérgio e Catherine,
Obrigado pelas felicitações.

Sandro e Nessa,
Apesar dos altos e baixos foram oito anos bem vividos, ricos em experiências. Que mais múltiplos deles! Vocês já estão no caminho certo e rumo a celebrar seu primeiro ano no Canadá.

José Sérgio

Sim fui farmacêutica no Brasil por 15 anos e tinha uma farmacia mista, mas minha paixão era a homeopatia e a manipulação. Aqui no Canadá manipulação quase não existe e homeopatia é industrializada. Reconhecer meu diploma aqui seria assumir aviar receita e orientar cliente e esta parte eu acho muito mecânica.

Catherine

Pelo jeito você plantou uma raiz no Canadá.

SonhoComCanada on 7 de maio de 2011 16:28 disse...

põe raiz essa !! e ela continua muito viva dentro de mim. =)

abraços;
Catherine
http://meetyoutherecanada.blogspot.com/

tati e os meninos disse...

Marden, que post bonito! Muito verdadeiro e sincero. Meu marido disse aqui que vc escreve como jornalista! Com muita realidade...
Somos Tati e Evandro (e os filhotes Pedro e Joao) de campinas e estamos no processo federal aguardando pedidos de exames médicos. NOsso destino inicialmente é Calgary. Mas como vc mesma aconselha, estamos abertos para outras oportunidades caso necessário.
Fiquei muito feliz de descobrir seu blog pelo link da Paola.
Grande abraço e parabéns pelas conquistas e lutas destes 8 anos!!!

tati e os meninos

MARDEN BASTOS (Real Estate Sales Representative) on 19 de maio de 2011 08:31 disse...

Ei Tati, obrigado por navegar em meu blog. Quando recebemos o pedido de exames sabemos que a reta final está chegando.E quando o pedido de passaporte chega, sabemos que está na nossa mão ir ou ficar. Que vocês sejam felizes aqui. E espero um dia estar lendo seus relatos de 8 anos também!!! Se um dia resolverem vir para o lado de Toronto, façam contato.
Bons preparativos, não falta muito tempo!

Anônimo disse...

Eu concordo com tudo, menos que a a pessoa nunca volte.. heehehehe
um dia qualquer um pode querer voltar e como vc disse já valeu a experiência....

Postar um comentário

Obrigado pela visita e por deixar comentários!
A sua participação é uma complementação ao meu trabalho e é sempre bem vinda!

 

Conversa Entre Penelopes Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare

BlogBlogs.Com.Br