domingo, 26 de dezembro de 2010

Peru de Natal

Posted by MARDEN BASTOS -Real Estate Sales Representative at EXIT Realty Lake Superior at 04:07
Reactions: 
Como aprendi a prepara peru e os massetinhos no final do post.

Como eu venho de uma família bem simples, cuja tradição era almoço no dia 25 de dezembro, regado a leitão e frango, preparar perú para a ceia de natal em terras canadenses virou cozinha experimental.
Desde que me entendo por gente me lembro de termos perú poucas vezes, pois minha família achava a carne bem seca e não apreciava. E as vezes que tivemos perú, minha mãe mandou assar na padaria, pois o forno do nosso fogão não era bom.  Depois descobriram o tal de "Chester" e aí o perú caiu no esquecimento.
Quando comecei a namorar meu marido,  a mãe dele fazia questão de preparar as carnes da ceia e depois de casados continuamos a ceiar com a família dele . Eu virei a expert em salada e uma sobremesa. Moral da história: não aprendi a preparar perú. 

Entretanto a tradição norte americana ( EUA e Canadá ) celebram outras ocasiões em que o peru faz parte da festa: páscoa, Thanksgiven , natal e as vezes ano novo.  Portanto para quem vai morar aqui, haverá mais oportunidade de preparar um perú e principalmente quando tiver convidados canadenses.  
Em 2003 eu fiquei com o desafio de preparar o perú para nossa ceia entre amigos. E que desafio grande! A ceia era para aproximadamente 25 pessoas e eu totalmente sem noção comprei um peru de 15 kg. Isto mesmo!!!! O bitelo cabia no forno mas não cabia na geladeira. Temperei o bichinho três dias antes e o pobre coitado dormiu na geladeira natural canadense: dentro de uma caixa plástica com trava é claro, dentro da garagem, afinal, durante a noite  lá, a temperatura cai abaixo de zero.  
Para assar comprei um tal de saco de assar, mas como qualquer sabichona, não li as instruções,   e o salofane agarrou na pele e arrancou um naco na hora de retirar. Coitado do perú,  recebeu uma decoração especial para maquiar a falta de pele em alguns lugares. Por falta de conhecimento a asa e a perna também tostou em alguns lugares. Não chegou a ficar um desastre, mas não ficou perfeito como eu gostaria. Por ter sido assado no saco, ele ficou macio e suculento, mas pecou na beleza e apresentação.  
Depois de 2003 , somente este ano tive de preparar o peru de novo. Como minha filha gosta de perú, procuramos um que fosse o menor possível e só achamos um de 4,2 kg. Pelo jeito teremos risoto de peru e sanduiche de peru por alguns dias. 
Mr Google me ajudou bastante! Assim como programas de culinária canadense.
Temperei com com vinha d'alho e deixei marinar por três dias, dentro de um saco plástico para que o líquido fique em contato com a carne o tempo todo e sempre mexia o perú algumas vezes ao dia. Dentro do saco plástico também ajuda a não espalhar o cheiro dentro da geladeira.
Para quem não tem experiência em preparar e assar perú, aqui vão alguns  macetes que descobri em um site, e que funcionou bem pois este ano não achei o tal saco de assar.
* Para que o assado não agarre no fundo da assadeira corte uns talos de salsão e  cebola e coloque no fundo do refratário e coloque o perú por cima. Para o lombo eu cortei cebola em cruz e espalhei as fatias largas no fundo. Deu o memso resultado.  Foi ótimo pois nenhum dos dois agarraram no fundo. e além disto usei os vegetais para fazer um molho. 
* Outra coisa que veio no perú que comprei foi uma cordinha para remover o peru do refratário. Um troço bem besta mas que fez uma tremenda diferença na hora de remover o peru da forma para passar para a travessa. Veja a foto e faça o seu para assar seu frango ou perú da próxima vez. O que veio no meu era de barbante mesmo. 

Coloquei na assadeira e cobri com alumínio até estar completamente assado. Depois de assado ainda estava branco, então segui as recomendações do mesmo site. Pincelei o peru todo com azeite para não ressecar a pele, enrrolei alumínio somente nas asas e beirada do osso da coxa também para não ressecar e deixei dourar. 
O peru ficou bem suculento, com pele bem hidratada, dourado e inteirinho.Ficou mais bonito do que o da foto acima.  Depois que transferi para a travessa definitiva, cortei o barbante que usei para remover. 

Experimente estes macetes para fazer seu próximo perú ou frango assado ou então partilhe seu segredo com outras marinheiras de poucas viagens como eu. 


0 comments:

Postar um comentário

Obrigado pela visita e por deixar comentários!
A sua participação é uma complementação ao meu trabalho e é sempre bem vinda!

 

Conversa Entre Penelopes Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare

BlogBlogs.Com.Br