quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Animando o Natal

Posted by MARDEN BASTOS -Real Estate Sales Representative at EXIT Realty Lake Superior at 11:55
Reactions: 
Já vi várias pessoas reclamarem de que o Natal acaba sendo desanimado porque há grande diferenças de idade entre as pessoas, crianças cansadas e chorosas que são obrigada a ficar acordadas até tarde para esperar  a ceia e  o " Papai Noel", grupinhos que se formam aqui e ali. Outros comentam da bebedeira excessiva de uns e que acaba com a noite de alguém.

Para contornar estas mudanças que vão gradativamente acontecendo na família, há vários anos começamos algumas mudanças.
_ Passamos a servir entrada para as crianças e adultos mais fomentos para aguardar aqueles que tinham ido à missa do galo.
_ Alugávamos filme de natal para passar para as crianças durante o dia e reservávamos um diferente para a noite.
_ Servíamos a ceia assim que a família chegava da missa do galo.
_ Mudamos o cardápio e passamos a fazer entradas leves e  diminuímos as quantidades para não ter tantas sobras e ter que inventar um jeito diferente de comer peru no dia seguinte.
_ Bebida mais controlada durante o dia. 
_ Deixar as crianças dormirem um pouco a tarde.
_ Dividir o preparo do cardápio entre os membros da família para evitar repetição e trabalho excessivo para somente uma pessoa.
_ Marcar um horário mais cedo para que juntos sejam feitos os últimos preparativos e também para sentar e conversar um pouco.

Mas somente depois de participar de algumas festas aqui é que me ocorreu a idéia de criarmos brincadeiras para deixar o natal animado.

Em 2003 tivemos nosso primeiro Natal em terras canadenses. Não temos nenhum familiar por aqui  e os amigos eram todos novos. Quando passamos o natal e ano novo somente a nossa família, acaba sendo algo bem borocochô.  Resolvemos reunir  quatro familias na casa de um destes amigos e fazer algo mais animado.
A ceia foi um grande pot luck, com tudo decidido com antecedência: cardápio, quem leva o que, horário. Quem tinha mais pratos e talheres iguais levava, pois numa ceia de natal ninguém merece comer em prato de papel.
Para nos integrarmos, minha amiga resolveu  fazer um amigo oculto com a advinhação do amigo através de mímica e usando desenhos num flip chart.  Foi muito engraçado pois imagine fazer mímica para descobrir quem é uma pessoa. Os desenhos eram um desarranjo o que aumentava a graça.

No ano seguinte eu tive uma idéia de fazer uma brincadeira para juntar adultos e crianças e conhecermos um pouco mais as outras famílias. 

1- Numa folha de papel crie perguntas numeradas equivalente ao número de convidados presentes na festa e alguns mais para eventuais convidados. Escreva algumas perguntas considerando crianças menores, com perguntas que eles possam responder. Somente o organizador da brincadeira saberá o conteúdo das perguntas. O convidado poderá escolher o número do cartão. Recorte as perguntas e coloque em ordem numérica presas com um clipse. Em outra folha de papel crie penalidades para quem errar as respostas. Por exemplo: cantar uma música de natal, contar uma historinha para as crianças ( ótimo se houver muita criança na família), imitar um animal escolhido por uma das crianças ou então pelo filho de quem errou, fazer mimica para um filme conhecido (coloque várias opções para a pessoa numa folha de papel) e os convidados tem de descobrir qual, recitar uma poesia ou um verso, imitar um ator num passagem engraçada de um filme, 
2- Faça pequenos cartões com formato de ojbetos de natal: árvore, botas, bolas, sinos, bonecos da neve, etc  e escreva um  número até atinjir o número de convidados.  Num quadrado branco escreva o mesmo número e prenda o quadrado branco ao cartão usando 3 pregadores de roupa.
3- Dê  um cartão numerado a cada convidado, retirando o quadrado branco numerado, dobrando e colocando num pote, O convidado deverá colocar o cartão numerado na roupa e também os três pregadores de roupa. Outra opção é comprar crachá plástico e usá-los para evitar estragar alguma roupa mais fina. 
4- No início da brincadeira as regras devem ser ditas:
a- todas as pessoas devem colocar os três pregadores na labela da roupa ou no crachá e ter seu número bem visível.
b- a partir daquele momento todos os convidados deverão ficar sentados e não poderão cruzar as pernas e nem responder a nenhuma pergunta com "Sim"ou  "Não". Quando isto acontecer, a pessoa que perceber o " deslise"  toma um pregador do "distraído" e coloca na sua roupa. Ao fim da brincadeira a pessoa que tinha mais pregadores recebeu uma lembrancinha ( mas o organizador da brincadeira não deve dizer que vai haver prêmio).
c- o dono da casa é que retira o primeiro número do pote por sorteio. A pessoa que tem aquele número vai responder a pergunta que tem o mesmo número. Ex: a pessoa de número 23 vai responder a pergunta número 23. Após responder a pergunta , aquela pessoa retira sorteia a próxima pessoa a responder e assim por diante.
d-quem acertar a pergunta tem direito a escolher um presente que deverá estar todos juntos em um lugar pré determinado perto do local da brincadeira.
e- quem errar vai ganhar uma prenda ( pode ser uma bala, ou um chocolate, ou um brinquedinho ou qualquer outra coisa insignificante). 
f- a pessoa que errou terá o direito de se redimir pelo erro. Uma vez que ela decidiu se redimir ela não poderá desisitir após saber sua penalidade.
g- a penalidade será escolhida por ela por sorteio. Se ela fizer corretamente o que foi pedido , terá direito a retirar um presente do montante. 
h- Ninguém poderá abrir o presente que retirar do montante antes do final da brincadeira.
i- Quem quiser trocar seus presentes poderá fazê-lo com outros convidados, mas somente depois de tê-los aberto.

De onde vem os presentes: Peça a cada convidado que traga um presente que possa servir a qualquer putra pessoa, num valor determinado. Todos os presentes deverão ser colocados no local da brincadeira. 

O organizador da brincadeira deverá substituir um número de presentes trazidos pelos convidados por objetos sem grande valor embrulhados em presente. Sugestões: papel toalha, caixa de sabão, tijolo, rolo de papel higiênico contendo algum brinquedo dentro, caixa de DVD vazia, brinquedo velho, cesta com batatas e cebolas, caixa de lenço de papel, garrafa de vinho contendo água, embalagem de batata pringle cheia de biscoito, pacote de biscoito, etc. Quanto maior for o "presente", mais ele vai chamar a atenção. Ao final da brincadeira, quem tirou estes "presentes" terão o direito de trocá-los por um dos presentes trazidos pelos convidados e que foi retirado no início da brincadeira. 

 Você vai ver que esta brincadeira integra adultos e crianças e as pessoas se divertem. Além do que ajuda a conhecer um pouco mais as pessoas alí presente. 

Ao final da brincadeira, aquele que tiver mais pregadores ganha um presente símbólico. Quando fiz isto com minha família escolhemos a criança que tinham  mais pregadores e demos algo que ela teria de brincar em parceria. Para todas as outras crianças nós elogiamos o comportamento, por terem participado e demos a cada uma um saquinho surpresa com coisas que crianças gostam. Exemplo: livrinho para colorir, canetinha, massinha, brinquedinho de montar. Para as crianças maiores escolhemos lembracinha de acordo com a idade, mas igual para aquela faixa etária. 

Tipos de perguntas usadas:

_ Comida preferida do marido/esposa, filho/filha
_ Local onde vocês se conheceram e quando
_ Musica preferida, filho/filha, marido esposa
_ Qual a banda preferida
_ Tipo de lazer preferido
_ A comida que ??? não gosta.
_ A marca de carro dos sonhos
_ O que ???? mais gosta de comprar
_ Qual a cor predileta
_ Qual o hobby predileto quando criança
_ Qual o hobby predileto atual
_ Historinha preferida de seu filho/filha
_ Primeira palavra falada por seu filho /filha
_ Endereço da primeira casa que vocês moraram
_ Escola aonde seu esposo/esposa se formou e quando
_ Um presente inesquecível
_ Uma viagem que ele/ ela mais gostou
_ Com qual idade seu filho/ filha andou
_ Qual foi a primeria escola do seu filho/filha
_ Nome completo do sogro/ sogra
_ Idade do sogro / sogra
_ Qual um presente dado a ele/ ela num dia de natal
_ Uma situação engraçada ( não embaraçosa) vivida pelo parceiro
_ Nome do melhor amigo de infância
_ Qual o brinquedo preferido do marido/ esposa quando criança, 
_ Etc . Crie , invente. So tome cuidado para não colocar perguntas constrangedoras e criar um clima desagradável  e desconfortante.


Fiz depois esta brincadeira no Brasil com minha família e até criança de dois anos e meio participou. Acharam ótimo, pois tirou atenção em comer e ficar esperando a hora de abrir os presentes. Com a brincadeira todo mundo ficou junto, prestando atenção na brincadeira e descobrindo  coisas novas da família. Enquanto isto esperávamos por aqueles que foram à missa do galo.

Outra coisa que fiz quando passei meu último natal no Brasil, depois de já estar morando no Canadá foi levar vários chapeuzinhos de "Papai Noel e dar aos sobrinhos menores a noite. Eles adoraram a novidade.  A tarde reuni as crianças na garagem e fui fazendo atividades com eles. Dei a eles também uma bota que penduramos com pregadores de roupa que eu tingi de vermelho e verde num cordão de lâmpadas de natal. Cada bota ganhou um cartão. Disse a eles que iríamos brincar de faz de conta. Eles iriam pegar aquele cartão e desenhar o presente que eles iriam dar a uma pessoa à escolha deles. Tenham mais cartões sobrando pois alguns deles queriam desenhar presentes para outras pessoas e eu tive que improvisar. Eles adoraram ! Depois contei a eles a história da  origem da árvore natal e falei sobre as hennas do "Papai Noel". Coloquei na mesa giz de cera, gliter, cola , estrelinhas e um monte de adesivos e dei a eles várias  árvore de natal em papel cartão, botas, sinos, bonecos da neve,  para que cada um pudesse  enfeitá-los e também desenhos com a hennas para que eles pudessem colorir. Enquanto a criançada executa as tarefas você está livre para fazer outras coisas. Compre material sufuciente para o número de crianças e coloque-as num espaço que elas possam realmente sujar ou brincar ou então forre com plástico, mas deixe-as brincar e participar.
Colocamos um galho seco de árvore num vaso e deixamos o galho vazio e falamos com eles que os desenhos seriam os enfeites da árvore. A meninada passou horas fazendo árvores de diversas cores e colorindo henna. E depois montaram a própria árvore.

Para as crianças mais velhas que já sabem ler e queiram entreter os pequenos, dê as eles um livro para eles contarem a história. Aproveite a ocasião para contar histórias diferentes que ajudem a desenvolver os valores morais. 

Outra opção e dar as crianças a cena do presépio para elas montarem. De a cena em branco para eles colorirem, pintarem, caneta de gliter para os detalhes. Depois deixe-as recortar e colocar para montar a cena. Use centro rolo de papel higienico, caixinhas vazias, pedaços de caixa de papelão par que ela colem as figuras. 

Para crianças que já tenham uma boa coordenação motora, dê a elas palitos de picolé para construir uma mangedoura. Faça um modelo antes e dê a elas para que ela tenham idéia do que fazer. Compre pacote de musgo para  ela colarem no teto e quando estiver pronto dê a elas animais de plástico para elas montarem a cena. Deixe tudo montado e a noite coloque o Menino Jesus na mangedoura deles. 

Acho importante fazer as crianças participarem do dia e não ficarem somente ansiosas à espera do que vão ganhar a noite.
Se o natal na sua casa é meio devagar, com um monte de grupinhos aqui e ali, experimente mudar a rotina e fazer uma festa  inesquecível. 



0 comments:

Postar um comentário

Obrigado pela visita e por deixar comentários!
A sua participação é uma complementação ao meu trabalho e é sempre bem vinda!

 

Conversa Entre Penelopes Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare

BlogBlogs.Com.Br