terça-feira, 2 de novembro de 2010

Seguro Sobre Propriedade

Posted by MARDEN BASTOS -Real Estate Sales Representative at EXIT Realty Lake Superior at 14:23
Reactions: 
Considerando que para a maioria dos meros mortais a casa é um dos maiores investimentos que uma pessoa possui, é bom que ela esteja assegurada. Assegurada contra o que ?
Como existem vários tipos de seguro, muitas pessoas julgam apenas pelo título sem verdadeiramente ler o que aquele seguro cobre. E tem gente por aí sem estar devidamente assegurada.
No Canadá ter o seguro do imóvel é importante e as vezes obrigatório. Vamos ver quais e porque?

1- Seguro contra Incêndio e  danos causados pela natureza, fatores acidentais.
Leia a apólice e veja direitinho o que ele cobre. Muita gente faz a opção pelo preço e na hora que precisa da cobertura descobre que aquilo não foi incluído. Existem seguradoras que vendem o pacote e outras lhe dão a opção. Conheço gente que tem cobertura só  contra incêndio, mas há riscos que não compensam.
  •  A maioria das casas no Canadá são feitas de madeira e papelão recheado de gesso ( drywall) , lã de vidro ou outro material isolante e externamente tem diferente tipo de acabamento.  Portanto pegar fogo é fácil pois material inflamável não falta.
  • O valor do seguro pode variar dependendo do tamanho, localização, se o acabamento é de vinil, madeira, alúminio ou tijolo. Se são muito próximas uma das outras, se tem alarme, se a fiação elétrica é alumínio, cobre ou se o sistema elétrico é fusível. Se tem central de corpo de bombeiro permanente na cidade ou se é sistema voluntário.
  • Durante a primavera quando o degelo acontece ou durante as chuvas fortes, ninguëm está isento de que o sistema de rede pluvial retorne e inunde sua casa.
  • Embora o Canadá não seja constantemente vítima de terremoto , eventualmente algumas área sacode.
  • Tornados se formam no céu dependendo do tempo e já vi algumas área serem atingidas. Ano passado um tornado tocou o solo aqui na cidade vizinha e uma cliente minha está procurando as biciletas dos filhos que eles largaram na rua e sairam correndo quando viram o vendaval. Shedes e mesas de pátio viram pedaços.  Por pouco não pega a casa.
  • Raios de vez em quando atingem alguma coisa aqui em Ontário, sejam  casas, pessoas em campo aberto ( vários incidentes em campo de golf) e até carro na 401 eu já soube.  
Se você acha que está imune a qualquer uma destes acontecimentos, fique a vontade para excluir da sua apólice, mas somente se você for 100% dono do seu imóvel porque do contrário o agente financeiro quer garantir o im'veil que está sendo financiado.

 Se você é um inquilino saiba que o proprietário possui seguro  contra incêndio e outros danos como enchente, intemperes, que garanta a ele a reconstrução da casa caso um fogo acidental aconteça ou outro fator ambiental danifique seu imóvel. Além disto, se a casa for financiada, o seguro contra incêndio e danos é obrigatório, sendo uma das cláusulas do contrato, pois o banco quer garantir que o bem dado em hipoteca seja uma casa e não um pedaço de terra . Entretanto a cobertura de conteúdo é facultativo na hora de fazer o seguro, assim como danos a terceiros. Você acha que o locador vai pagar para você? Muitos corretores e imobiliárias tem uma claúsula no contrato na qual o locador exige a apresentação do número da apolice  ou uma copia dela no ato de assinar o documento ou entregar da chave. Mas se você aluga direto com o proprietário, muitos deles não conhecem todas as regras. Portanto proteja-se. Um seguro destes custa barato pela tranquilidade de espírito que dá.
Em condomínios o seguro é feito para cobrir a estrutura e as área comuns, não os pertences pessoais.
3- Geralmente quando somos os proprietários, fazemos um seguro completo pois queremos garantir nosso investimento, pertences e também queremos estar protegidos caso alguém se acidente em nossa casa e venha nos processar no futuro, chamado de "personal liability".
Portanto, se você alugou uma casa, você deve adquirir no mercado um seguro para inquilino que cubra o conteúdo dentro do imóvel ( mobília, eletrônicos, roupas, documentos) e também uma cobertura para danos a terceiros que possa cobrir despesas hospitalares e até uma pensão caso você seja processado. Embora as vezes possa parecer absurdo de vez em quando ouço alguns casos que me parecem bem bizarros.
Alguém pode estar pensando: isto é alguma brincadeira? Não meu amigo. Isto é Canadá! Se alguém cai na sua calçada coberta de gelo, aquela que você não limpou porque acha que é responsabilidade da prefeitura, ou cai na escada dentro da sua casa que não tinha corrimão, ou cujo degrau está fora de padrão, etc,  e este alguém quebra a perna, o dedo mindinho, a bacia ou qualquer outra coisa, esta pessoa pode lhe processar e adivinha quem paga a conta do hospital, os dias não trabalhados, etc, etc... Você. Pois eh, se a sua casa tem calçada, é sua resposabilidade limpar a neve e evitar que gelo se forme. Se tiver gelo, pegue a raspadeira e tire-o de lá para a segurança do seu bolso. Se você sabe que alguma coisa na sua casa está fora de padrão, conserte.
Para vocês terem idéia, eu fui acompanhar um inspetor numa casa que eu havia vendido. Chegando lá a escada de entrada tinha degraus fora de padrão e um deles era mais alto que os outros e estava mal pregado.Meus olhos clínicos havia notado o degraus mais alto, mas o pé notou a tábua solta. Tropecei e machuquei minha perna, mas nada sério que um bom gelo não resolvesse. A primeira coisa que ouvi depois de estar de pé foi o inspetor me dizer que eu poderia processar o dono da casa e que ele seria minha testemunha e que eu poderia usar até a página do laudo da inspeção caso meu cliente permitisse. Preferi agir profissionalmente  e colocar no contrato para que a escada fosse consertada dentro dos códigos de construção cívil.
Faça um seguro que pague o que você tem dentro de sua casa ou apartamento e uma cobertura de pelo menos 1 milhão para danos a terceiros.

2- Seguro de Titularidade

Em Ontário este seguro é pago apenas uma vez quando alguém compra um imóvel e é de responsabilidade do advogado lhe dar mais esclarecimento e fazer este seguro para você. Ele não é obrigatório e é bem barato.  Ele garante que caso algum erro ou fraude tenha sido cometido contra a titularidade da  propriedade, o proprietário seja ressarcido ou protegido. O sistema de registro em Ontário são dois. O sistema mais antigo  vem gradativamente sendo mudado e nas regiões mais habitadas  o novo sistema já funciona para quase todos os imóveis. O sistema mais antigo é,  na minha opinião mais passível de erro.  Quando adquirimos um imóvel no sistema antigo, é feita uma pesquisa na história da propriedade até 40 anos atrás. No sistema novo, a pesquisa é feita até nos tempos da colônia quando as terras foram distribuídas. Uma vez feita esta pesquisa, o proprietário atual tem a garantia quase que 100% de que nenhum erro passou batido. E quando ele vende não há necessidade de pesquisar novamente para trás. Entretanto isto não garante que alguma fraude possa ser cometida no presente ou futuro e é aí que entra o "Title Insurance". Há casos recentes em Ontário onde imóveis foram vendidos com procuração falsificada. Geralmente as vítimas são propriedades sem financiamento registrado e proprietários idosos, mas sei de outros casos diferentes deste.  Em outras províncias eu não tenho conhecimento de causa para falar, mas discuta com seu corretor  quais são as opções para você.

3- Seguro do Mortgage.

Não confunda seguro da casa ( geralmente chamado apenas de "fire insurance") com seguro do mortgage.
O primeiro garante aos proprietários ( que pode ou não incluir as instituições financeiras) que a casa será construída, renovada, reparada em caso de um incidente qualquer acontecer e que esteja coberto pela apólice contratada.
O  seguro do mortgage garante que em caso de morte o financiamento será pago integral ou se em caso de  invalidez temporária ( se este serviço foi contratado) , o seguro paga as prestações enquanto a pessoa está sem trabalhar.
Na hora de comprar este tipo de seguro pesquise porque existem diferentes tipos. Existe aquele que você contrata uma cobertura fixa e mesmo que o valor do financiamento pago caia, você continua pagando sobre o valor inicial e em caso de morte a seguradora cobre somente o remanescente do financiamento.
Existe uma outra cobertura que você paga um valor fixo mensal baseado num valor contratado e em caso de morte a seguradora paga o financiamento remanescente  e um valor restante vai para a familia. Discuta com um especialista do setor  de seguro para saber qual a  melhor opção para você e sua família. Isto vai muito além da minha área.

E caso vá alguém a sua casa prestar um serviço, principalmente aqueles que envolvem risco de vida ( tipo: trocar o telhado e janelas, limpar a chaminé, etc), perguntem se eles são assegurados e peça a prova no ato do contrato, pois caso aconteça alguma coisa e eles não forem assegurados a responsabilidade civil é sua. Saibam vocês que o número de mortes por queda em escadas é o tipo de acidente doméstico que mais mata nos Estados Unidos.

0 comments:

Postar um comentário

Obrigado pela visita e por deixar comentários!
A sua participação é uma complementação ao meu trabalho e é sempre bem vinda!

 

Conversa Entre Penelopes Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare

BlogBlogs.Com.Br